Petroleiros na luta por nenhum direito a menos

No dia 30 de novembro, os petroleiros das bases da FUP realizaram mobilizações em todo país contra a retirada de direitos, dando um novo recado à gestão Parente Entreguista: tire as mãos do nosso Acordo Coletivo.
O Sindipetro Caxias realizou um grande ato no Arco da REDUC, onde reuniu os trabalhadores do Turno, HA, Transpetro e UTE-GLB, para assistirem a apresentação do economista do DIEESE e do GEEP, Cloviomar Cararini, que mostrou ser viável a renovação do ACT sem a retirada de nenhum direito, como a FUP está propondo. Também esteve presente o coordenador geral da FUP, José Maria Rangel.
No dia seguinte da FUP ter comunicado à Petrobrás o resultado das assembleias, a empresa, assim como a Transpetro e a Araucária Nitrogenados, prorrogaram o Acordo Coletivo de Trabalho até 31 de dezembro. A empresa deve apresentar uma nova proposta após o dia 10/12.
Só a luta garantirá a renovação do ACT, sem redução de direitos. Nossas conquistas vêm do nosso movimento. Com retirada de direitos, não há acordo.

Rate this item
(0 votes)
Sindipetro Caxias

Desenvolvedor Web do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Sindicato dos Trabalhadores na
Indústria e Destilação de
Petróleo de Duque de Caxias
Inaugurado em 26/03/1962