Em defesa da Democracia e contra a privatização da Petrobrás

 

Os trabalhadores da base do Sindipetro Caxias realizaram no dia 6/04, um ato em defesa da democracia e contra a privatização da Petrobrás. Neste dia, foi aprovado um indicativo de paralisação por unanimidade para fortalecer a luta da classe trabalhadora neste momento que se aprofunda o golpe.
A prisão do presidente Lula é mais um passo do golpe que dentro de um plano, conhecido como Plano Atlanta, que tem como base derrubar os governos populares da América Latina e estabelecer o retorno dos EUA como o grande irmão do nosso continente.
Neste ato, discutimos mais duas medidas extremamente nocivas aos trabalhadores da Petrobrás: a venda das refinarias e um novo PCAC.
Como já anunciado o presidente golpista vai vender as refinarias de petróleo, pois irá se retirar deste negocio. A REDUC será vendida, é fato. O que se sabe é se os trabalhadores serão vendidos juntos, através da sucessão, ou se continuaremos empregados da Petrobrás, através da cessão. Porém, antes que isto ocorra, teremos que fazer uma luta para resistir.
O gerente executivo de RH anunciou que também irá haver alterações no Plano de Avaliação de Cargos e Salários, tendo contratado uma assessoria da FEA/USP para fazer um PCR – Plano de Cargos e Remuneração que terá como objetivo implantar a “multicarreira”, ou seja, o trabalhador poderá trabalhar em carreiras diferentes. Um geólogo que é advogado, poderá trabalhar na carreira de sua formação pessoal afim de desenvolver seu potencial, explicou o gerente. Na prática, vão voltar com a multifunção que tinha sido abolida após o afundamento da P-36. Além disso, ainda tem o equacionamento do Plano Petros 1 que atormenta os trabalhadores da ativa, aposentados e pensionistas. A liminar do Sindipetro Caxias foi cassada e retornou os descontos em abril. A assessoria jurídica está fazendo recurso, mas sabemos que o plano está cada vez mais endividado.
Diante deste cenário, a FUP chamou um seminário sobre Petros no dia 11/04 e um Conselho Deliberativo no dia 12/04 para dar encaminhamento sobre uma luta em defesa do Plano Petros, contra a privatização da Petrobrás e em defesa da democracia. Estas atividades ocorrerão em Curitiba para podermos participar também do Acampamento da Resistência.
A categoria deve ficar atenta, pois seremos chamados à luta mais uma vez.

Rate this item
(0 votes)
Sindipetro Caxias

Desenvolvedor Web do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Sindicato dos Trabalhadores na
Indústria e Destilação de
Petróleo de Duque de Caxias
Inaugurado em 26/03/1962