Petroleiros dizem não aos blindados

06 Feb 2018
139 times

Durante 6 dias sem interrupção, os petroleiros e petroleiras do regime de turno, organizados pelo sindicato, realizaram uma grande mobilização em defesa da segurança e contra o descaso gerencial com a vida dos trabalhadores, que iniciou no dia 31/01 e durou até o dia 05/02, às 15h.
Com o objetivo de evitar a implementação unilateral da empresa no dia 01/02, do o retorno na meia dobra às 2h da madrugada com carros blindados, que expõe os trabalhadores aos riscos de violência do Estado do Rio de Janeiro, a direção do Sindipetro Caxias organizou uma ciranda no turno.
A mobilização consistiu em um corte de rendição intermitente a cada 16h com os Grupos A, B, C e E, finalizando com o grupo D, às 15h do dia 05, que estava de folgão. Todos os grupos aprovaram por unanimidade a ciranda, bem como o indicativo do não retorno às 2h da madrugada e a rendição padrão.
A direção do Sindipetro Caxias esteve presente na Refinaria durante todo o processo de mobilização no acampamento montado no Arco da REDUC.



Suspensão do movimento e negociação
Durante o processo de mobilização a direção do Sindipetro Caxias procurou a gerência geral da Refinaria e a gerência do RH Corporativo para falar sobre uma solução para o problema, que se comprometeram em apresentar uma proposta assim que fosse suspenso o movimento, além de não implementar os blindados e retorno na madrugada até que sejam realizadas as assembleias de avaliação da proposta apresentada.
A direção do Sindicato já cumpriu a sua parte suspendendo o movimento e aguarda a apresentação da empresa, para então divulgar para a categoria e convocar as assembleias.

Proposta da categoria
Por meio de um ofício encaminhado dia 05/02 para a Petrobrás, a direção do Sindipetro Caxias apresentou a proposta decidida em conjunto com os trabalhadores que pede a manutenção da prática adotada do não retorno no horário do zero hora após a dobra de 16h, mantendo o pagamento de oito horas extras da dobra. Bem como o retorno imediato dos 78 técnicos de operação que estão desviados do regime de turno.

 

O Sindicato na palma da mão
A comunicação da mobilização foi feita através das redes do Sindipetro Caxias, que informava os trabalhadores em tempo real sobre a situação de cada grupo de turno e outros acontecimentos do dia. Siga o Sindicato no Facebook, Twitter e Instagram. Para receber os Informes pelo Whatsapp adicione o número 21-996639953 em seus contatos e envie a palavra ADICIONAR seguido do seu nome completo.
(21) 9 9663-9953

Last modified on Tuesday, 06 February 2018 14:26
Rate this item
(0 votes)
Sindipetro Caxias

Desenvolvedor Web do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Sindicato dos Trabalhadores na
Indústria e Destilação de
Petróleo de Duque de Caxias
Inaugurado em 26/03/1962